Viver a demência com personalidade
Novo CIES e-Working Paper de Lara André, Rita Valadas e Carina Brandão

 

Resumo:

Vivemos numa aldeia global onde a demência se apresenta como uma problemática do ponto de vista clínico, mas também social. As pessoas que vivem com demência requerem, muitas vezes, cuidados institucionais e, dependendo da orgânica de cada entidade podem ser submetidos, ainda que inconscientemente, a uma formatação despersonalizada de cuidados. Numa perspetiva inovadora de lidar com a 3 demência, surge a intervenção Sense Garden que tem na base da sua conceção o suporte da tecnologia virtual e imersiva combinada com material autobiográfico (vídeos, imagens, música, fotografias e aromas). Esta intervenção conjuga a Terapia da Reminiscência com a Terapia Multissensorial, não esquecendo a Estimulação Cognitiva nem a atividade física. Como projeto europeu, o Sense Garden e respetiva intervenção foram desenhados para atuar junto de pessoas com demência moderada a grave e, a nível nacional, está representado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML). A fase de intervenção com os participantes iniciou-se em agosto de 2019 e terminou em abril de 2020. Este texto procura dar a conhecer a intervenção Sense Garden, bem como contextualizar o projeto de acordo com as especificidades institucionais da SCML e pretende ainda apresentar um estudo qualitativo complementar efetuado pela equipa de Portugal junto dos cuidadores formais, dando a conhecer os resultados dessa investigação específica.

 

→ Documento completo aqui.

 


 

Lara André

Licenciada em Sociologia e mestre em Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa - Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL). Trabalha na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desde 2014, no Núcleo de Monitorização e Apoio à Gestão do Departamento de Ação Social e Saúde. Para além das funções de apoio à gestão, tem participado em vários projetos internos, bem como em projetos europeus no âmbito do envelhecimento e, neste momento, é Coordenadora Científica do projeto Sense Garden em Portugal.

 

Rita Valadas

Licenciada em Política Social pelo Instituto Superior de Ciências de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP-UL). Trabalha na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desde 1986, nas Áreas da Ação Social, Voluntariado, Empreendedorismo e Área Editorial, onde exerceu numerosos cargos de Direção. Lecionou a Cadeira de Métodos e Técnicas de Investigação Social no Instituto Piaget – Almada (2003/2005). Tem desenvolvido várias funções de assessoria nas suas áreas de especialização (Envelhecimento, Emergência Social, Públicos Vulneráveis e Gestão de respostas Sociais) e assumido cargos de dirigente em várias instituições do 3º sector. Neste momento, é Investigadora Principal e Coordenadora do projeto Sense Garden em Portugal.

 

Carina Brandão

Licenciada em Psicologia Social e das Organizações pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa - Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), mestre em Psicologia Clínica e da Saúde pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias e Pós-graduada em Intervenção Clínica Neuro-Psicogerontologia pelo Instituto Português de Psicologia. Trabalha na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, na Estrutura Residencial Santa Joana Princesa, no âmbito do projeto Sense Garden.

 

W3C